terça-feira, 5 de julho de 2016

LUA LÍRICA




LUA LÍRICA

na penumbra
a lua suspira [e pira o cabeção]
cheia de lirismo
feito cigarra cantadeira
sopra segredos [no ouvido dos amantes]
e olha de soslaio - profana que é, se deita
e espera
da noite boêmia e vadia,
que todas as janelas se fechem
e todas as bocas se beijem
e todos os corpos se amem
e a exaustão do amor carnal
seja eficiente "arder" em febre
até incendiar_______corpo e alma

Um comentário: