sexta-feira, 14 de maio de 2021

POESIA DE AMOR

 


 POESIA DE  AMOR


...O vento me fala do tempo futuro

das cores de um por do sol

das gotas de tinta escorridas numa tela que só eu sei pintar.

O vento afaga os meus cabelos vermelhos

tintos do suor das uvas que insistem em amadurecer agora

quando as portas da catedral ainda não se abriram...


O vento traz um perfume que eu não conheço

um perfume diferente do sândalo e da erva doce

com os quais lavei as minhas palavras

deixando-as secar sol para depois escrever as rima dos versos

que brotam como gemas preciosas...


Sopra vento... Traga-me o pó dos pergaminhos

o sangue da terra

o breu e a magenta florescida no coração que pulsa

no grito daquelas que controlam as horas em rocas de madrepérola...


Traga-me o futuro e o passado engastado num anel de tempo

pedra de fogo

luz dos meus olhos perdida nos seus olhos...


Antítese de um sonho preso num relicário.

Silencio!

O tempo agora dorme

enrodilhado feito um gato, no desvão de um olhar que não se abriu.




imagem: Amor Perfeito

Aquarela sobre papel Canson

Luciah Lopez






quinta-feira, 6 de maio de 2021

ORGANZA






((...)) e vem a noite com vestes de organza.

Penumbra que não causa magoas à luz da lua

e nem profana as diáfanas criaturas notívagas embevecidas de langores tantos...


Dos sentidos________ um viés de olhar, um meio riso e as suas mãos ainda nuas [das minhas mãos] se entregam afoitas aos carinhos meus...




foto: Luciah Lopez


sábado, 1 de maio de 2021

AZUL DE CADA AMANHECER



... pela janela eu vejo o céu
e me vem a certeza:
________eu já tive asas!

Eu já voei a imensidão azul de cada amanhecer
e me fiz poesia para falar dessa saudade
que me invade o olhar
quando eu te vejo assim ________ azul, ao acordar.



imagem: Janela com Flores
aquarela sobre papel Harmony
Luciah Lopez

 

quarta-feira, 28 de abril de 2021

ENCANTAMENTO




uma tênue luz,

a noite aquieta

no olhar em rebelião________ os meu tristes ais...


sacrilégio!


roupas espalhadas pelo chão

sapatos adormecidos no jardim feito de ilusões e musicas

de flores  feitas de poesias e poesias de flores...


inflorescências [alienadas] ao encantamento e desprezo

acenam para a lua  um triste adeus

ante o vidro da janela

vidro frio /janela fria

a lua ...

a noite fria...

sexta-feira, 23 de abril de 2021

MERGULHO

 



Não quero ser o grande pássaro viajador
com suas grandes asas 
ganhando as distâncias do mundo.

Quero ter a delicadeza do
pequenino
feito um anjo canta e murmura
entre as flores
depois mergulha no silêncio profundo
da mata escura...



imagem: Beija-flor
Aquarela sobre papel canson
Luciah Lopez

quarta-feira, 14 de abril de 2021

EXCENTRICIDADES



a excentricidade dos peixes 

e suas bexigas natatórias sempre cheias

________ mantém suas vidas e suas mortes

entre os "pulmões" e a superfície d'água.



imagem: Os Peixes

Arte digital

Luciah Lopez




*A pirambóia (Lepidosiren paradoxa) é o único peixe com pulmão que ocorre no Brasil.



terça-feira, 13 de abril de 2021

DILACERAÇÕES




Tão suave e doce seria a alma
que a dor não tolheu a placidez do olhar
e coube à bastardia - o espectro do pranto
e às línguas a usurpa da inocência.


A ironia não despejou o sangue
na violência da noite que avilta os indefesos
perdidos no estertor e no silêncio
que antecede o fim.





imagem: Resignação
Lápis de cor sobre papel
Luciah Lopez

Referência para desenho:
 A Pietà - Michelangelo