domingo, 24 de abril de 2016

ECOS

ECOS
 ... de você
eu quero a simplicidade
presa num relicário
tesouro na palma da mão
coração em festa/oração
que não se acaba ao cair da noite...

(( quero o silêncio dos segredos
soprados em bocas de conchas marinhas
enquanto a maré recua e desnuda
a areia branca))

...de você
quero a leveza
em carinhos_____ feito escamas de peixe
reluzindo na luz deste seu olhar
menino/poeta/ave marinha
sobrevoando o horizonte dos meus olhos...

(( quero o eco das palavras
esculpidas na sua boca ecoando
pelo marfim dos seus dentes/sorriso
que me encanta))

...de você
quero um pedaço de sonho
costurado no meu sonho feito colcha de retalhos
que à noite me aconchega,
me adormecendo na poesia/você.
 para Odur

 

CORAÇÃO AVUADÔ


Coração Avuadô

Ah, meu coração avuadô
me leva, seja pronde fô.
Não quero mais sofrê desse mal
que é sofrê o mal de amô.

Meu coração melindroso
me tira dessa agunia,
me vira riso me faz fantasia
quero sê alegria nesse amô gostoso
.
Ah, meu coração avuadô
mimpresta suas asas
me leva no céu azul me faz frô
me faz criar raíz 
me faiz pousá noteu oiar de amô.

Meu coração sonhadô
chega, de tanta sofrência
num quero mais essa carência
quero as tua mãos e toda paciencia
quero pra sempre sê o teu amô. 

Só o teu amô...
Só o teu amô...


"Cantiguinha" pra Odur 

imagem: Pó de lua/Clarice Freire



sábado, 23 de abril de 2016

CADEIA DE MINDIM 04


CADEIA DE MINDIM  04

aqui
feito
lua

calo
a voz
eco

sendo
assim
só sua

vivo
plena
e azul


para Odur


 

HIERO GAMOS


Hiero Gamos

___________acenderam-se as luzes da Via Láctea
e os teus olhos não mais de sol
brincam dentro do meu olhar
e as tuas mãos navegam os mares da minha fêmea existência
adocicando as águas nascentes.

Todas as horas subsistem ao afã dos teus beijos
na minha boca_________im_pura 
exangue
perdida entre os teus lábios e a tortura da tua língua.

E um delirante arquejo
umedecido pelos suores
nos aproxima cada vez mais
até finalmente________um dentro do outro
sem que a razão de existir
se faça presente.



sexta-feira, 22 de abril de 2016

sábado, 16 de abril de 2016

Sem Título


Pois que se fizesse!
______ a Vida é um sobressalto
e os momentos de dor comungam entre si
não escolhendo lugar e nem hora marcada
para o derradeiro sopro...


foto: LL

 

UM TEMPO ASSIM



Um Tempo Assim

Um breve instante...
Quase um faiscar de estrelas
o tempo mínimo de uma gota de chuva
um piscar de olhos...

Um tempo assim...
Quieto dentro do espaço escuro
deste tempo denso,
chicoteado por palavras ferinas
num tempo assim,
quase um limiar do nada,
eu tive você por um instante...

Ah, um mero instante,
insano e mágico
tempo de um beijo
um versejar profundo
um desabafo da minha alma
no aconchego dos teus braços...

 

quarta-feira, 13 de abril de 2016

A Boca Que Eu Beijo


A BOCA QUE EU BEIJO

A boca que eu beijo possui meu corpo
numa chama labareda
que restitui a cor na minha pele
e escava e expõe a mulher que há em mim...

Me rasga sem transgredir, cicatriza beijos
num sobe e desce que me aquece
enquanto desenha paisagens sem fim
e escreve poemas de amor
integrando-se em mim quando anoitece em meus braços...

Essa boca que eu beijo não me abandona
mas alucina enquanto passeia em minhas planícies
protelando a insônia e bebendo do meu prazer...

Me precisa e me quer, me deseja
silenciosamente íntima me despe de meus medos
e me possui em levas de gozo e amor...

Essa boca que que eu beijo é tão minha
e tão amiga, tão sublime e tão voraz.
É meu ar, minha água, minha essência,
é meu começo e meu fim...

 

Lluvia de Estrellas


LLUVIA ESTRELLAS ...

Quiero una lluvia de estrellas
Un cielo con las estrellas cayendo ...
 

Una lluvia de estrellas
Iluminando sus ojos en los míos
haciéndome
La mayor estrella de Orión

Quiero besar cada uno y
Cada gesto de afecto
Cada palabra de amor - Te amo !

¡Porque te amo!

Antes de conocerte
Sentí el amor
acercándose a mí

Y oí la voz de las estrellas
Hablando de ti
Y sus ojos y su luz
Tengo la seguridad
su amor

Las estrellas no mienten
Su amor vino a mí
Siento que soy tu amor ...


para Odur
 

terça-feira, 12 de abril de 2016

A VIda é Uma Canção de Amor


A vida é uma canção de amor !
Basta acordar e sentir_______ da manhã, a manha sã
e o meu querer já é,te querendo ter
assim assim
e sem explicação, te amar mais do que amo à mim, que sou sua
e sermos dois em um
no refrão desta canção.


foto: B.V. 


 

sexta-feira, 8 de abril de 2016

Eu e Você


Eu e Você
 
( ! ) a velha vestimenta da noite__________reluz
e as tuas palavras estão presas nos meus pensamentos - "eu sou você e você sou eu."

Fogo, ar, água e terra
e o processo alquímico que faz de nós_______criaturas aladas
juntas num voo
para além do infinito.

para Odur



 foto: LL

 

quarta-feira, 6 de abril de 2016

REVELAÇÃO


Revelação

O Amor é feito um pássaro
que em sua chegada______nos traz a primavera
em seu canto
e quando parte
deixa a sua vestimenta e o vazio e
as promessas amontoadas aqui e ali
até que sejam descoloridas pelo Tempo

foto: LL 

 

terça-feira, 5 de abril de 2016

O POETA E EU


O Poeta e Eu

... na beira do lago/espelho mirador do céu
as suas mãos buscam as minha mãos
e um pedaço desse dia ___________ tão branco
torna-se azul aos olhos seus.
Ah, meu poeta, quanta beleza
em seu coração
que faz a chuva cair fininho/garoa/sereno
feito caricias no rosto meu ______ah, meu poeta
quão feliz eu estou
ao seu lado [meu amor],
e até mesmo as horas perdem o rumo
e desnorteadas se põe a rodopiar
dançando
e rodopiando ao nosso redor...
Ah, meu poeta,  se você quiser
pode fazer a chuva cair feito seu beijo
[morrendo nos lábios meus] ou o sol sorrir
pois seu amor e o meu _______ já são, um só.

        para Odur, com amor

segunda-feira, 4 de abril de 2016

ACORDAR


Acordar

Acordar e ver a luz do dia
e ver o que tem para ser vivido
antes que anoiteça outra vez
Vem, me dê a sua mão
sem que haja sacrifícios
sem que o mundo seja um tormento
traga o seu beijo
seja o meu alento
e tudo que demais precioso
a vida possa nos dar
Vem!
Eu quero escrever poesias no teu corpo nu
quero grafitar muros e paredes
viajar nas cores do arco íris
porque os meus pés ainda são brancos
e o clímax da minha vida, não é a morte
e, sim o que tem dentro dela ____ o amor!
Me dê a sua mão,
vamos viajar pela galáxia
Saturno, Vênus estão logo ali
e eu só preciso que me dê a mão.
Me deixa sentir a tua essência
me banhar na tua luz
colher as tuas flores brancas
e com elas enfeitar os meus dias
porque o amor é grande
e ainda somos crianças que não temem o silêncio
e ainda rimos diante do sofrimento que tenta nos abarcar.
Vamos, mesmo sem asas podemos voar
de norte a sul
pelo céu até a aurora boreal
e condensar o mundo e só viver o amor.
Vem, eu te espero
pois eu preciso do te amor
para me grande e ter a sombra
onde você possa descansar.